Já que a aula da primeira semana de Outubro na formação transversal em Acessibilidade e Inclusão foi pensar sobre corpos, experiências e deficiências, as professoras Sônia Pessoa e Camila Mantovani levaram os alunos para fora dos limites e enquadramentos da sala física. Todos abriram cangas no gramado da UFMG e puderam refletir e discutir o tema ao ar livre, sob céu aberto e em em contato com a natureza.

Transversal - Outubro 2018#PraTodosVerem A imagem colorida que ilustra o post mostra alunas, alunos e professoras da formação transversal em acessibilidade e inclusão reunidos em um dos gramados da UFMG. Há sete mulheres, algumas estão sentadas ou deitadas no chão e uma delas está em pé. E há dois homens, sendo que um deles está em sua cadeira de rodas e o outro se apoia no chão. Todos sorriem para a foto, há plantas em volta do grupo e o dia está claro.

Deixe uma resposta