A professora Sônia Pessoa, uma das coordenadoras do Afetos, recebeu a comenda Clara Zetkin do Sindicato dos Professores de Minas Gerais (Sinpro Minas), no dia 15.09, na sede do sindicato. A comenda homenageou 12 mulheres por suas lutas pelos direitos das mulheres em diversas áreas de atuação. A décima edição da revista Elas por Elas, foi lançada durante a cerimônia de entrega da comenda. 
“Me sinto pequena diante de todas as outras 11 mulheres que são verdadeiras Divas na luta pelos direitos das mulheres e que receberam a comenda Clara Zetkin do Sinpro Minas. Dedico a comenda a todas as mulheres que lutam cotidianamente por seus filhos com deficiência e às professoras e professores que acreditam na educação inclusiva. Que a gente não tenha no futuro crianças com deficiência esquecidas em corredores de escola enquanto os colegas participam de atividades. Dedico a comenda às mulheres com deficiência tão invisibilizadas. Que a utopia se transforme em atividades diárias. Dedico também às mães que enfrentam o luto pela morte dos filhos com deficiência. Dedico a comenda ao meu filho Pedro morto em janeiro de 2016″, afirmou a professora em seu discurso de agradecimento. 
20170915_202937-1
Presidenta Valéria Morato do Sinpro Minas entrega comenda Clara Zetkin à professora Sônia Pessoa

Deixe uma resposta